FDA aprova medicamento para câncer de pulmão desenvolvido pela Bristol-Myers Squibb


FDA aprova medicamento para câncer de pulmão desenvolvido pela Bristol-Myers Squibb
Nivolumabe é o primeiro remédio imuno-oncológico aprovado que comprovou prolongar a sobrevida de pacientes com câncer de pulmão não pequenas células (NSCLC) avançado previamente tratados

O medicamento nivolumabe, desenvolvido pela biofarmacêutica global Bristol-Myers Squibb, acaba de ser aprovado pela Food and Drug Administration (FDA) para o tratamento de pacientes com câncer de pulmão não pequenas células (NSCLC) avançado, após terapia prévia.

Nivolumabe é a primeira e única droga anti PD-1 (receptor-1 de morte programada) aprovada que demonstrou prolongar a sobrevida global em pacientes com câncer de pulmão não pequenas células (NSCLC) avançado previamente tratados, em comparação ao docetaxel, com uma redução de 41% no risco de morte em ensaios clínicos Fase III. A mediana verificada foi de 9,2 meses com nivolumabe e de 6 meses com docetaxel.

Esta é a segunda aprovação para nivolumabe nos EUA nos últimos três meses. Em dezembro, o medicamento foi aprovado pela FDA para uso no tratamento do melanoma metastático, uma das formas mais agressivas de câncer, com base na taxa de resposta tumoral e durabilidade da resposta demonstrada nos ensaios clínicos. Na ocasião, o medicamento já havia se posicionado como o mais recente avanço da medicina do pipiline de imuno-oncologia da Bristol, demonstrando o compromisso da empresa em atender as necessidades deste tipo de paciente e de liderar os avanços na ciência da imuno-oncologia.

"A Bristol-Myers Squibb está comprometida com os pacientes com câncer de pulmão, e temos o prazer de oferecer nivolumabe como o primeiro medicamento imuno-oncológico para pacientes com câncer de pulmão não pequenas células (NSCLC) avançado, previamente tratados", afirmou Lamberto Andreotti, CEO da Bristol-Myers Squibb. "Por ser um dos cânceres mais comumente diagnosticado nos Estados Unidos, com alta mortalidade, existe uma necessidade significativa para tratamentos que prolonguem a sobrevida dos pacientes com o câncer de pulmão. Somos gratos aos muitos pacientes e profissionais de saúde que foram nossos parceiros no desenvolvimento de um novo tratamento com potencial para tratar esta necessidade não atendida."

Sobre o câncer de pulmão

Nos EUA, o câncer de pulmão é uma das principais causas de morte por câncer. O tipo não pequenas células é um dos mais comuns, sendo responsável por cerca de 85% dos casos e é composto por três principais subtipos, incluindo o escamoso (NSCLC). Este último é responsável por aproximadamente 25% a 30% de todos os cânceres de pulmão.

Compromisso da Bristol-Myers Squibb com a oncologia

Por mais de 50 anos a Bristol-Myers Squibb se dedica à pesquisa para descobrir, desenvolver e fornecer medicamentos inovadores de combate ao câncer e que ajudem a melhorar a vida dos pacientes.

Com base neste compromisso de longa data com a oncologia, a empresa tem dado prioridade a pesquisas com foco em abordagens novas e inovadoras para o tratamento do câncer - uma doença que causa mais de sete milhões de mortes por ano em todo o mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

A empresa possui um amplo pipeline oncológico e um portfólio de remédios aprovados, incluindo quatro tratamentos de câncer lançados na última década apenas para melanoma metastático, câncer metastático de mama, leucemia mieloide crônica Ph+ (CML), câncer colorretal metastático e carcinoma de células escamosas de cabeça e pescoço.

Atualmente, a Bristol-Myers Squibb lidera os avanços em um emergente campo de pesquisa e tratamento do câncer conhecido como imuno-oncologia, que envolve agentes cujo principal mecanismo de ação atua diretamente no sistema imunológico para o combate ao câncer. O objetivo é mudar as expectativas de sobrevida no longo prazo e a maneira como os pacientes com câncer avançado vivem atualmente.

O compromisso com a imuno-oncologia e tratamentos de malignidades hematológicas permite a contínua liderança em oncologia. A pesquisa liderada por cientistas da Bristol-Myers Squibb mudou a forma como os medicamentos de câncer são descobertos, as pesquisas clínicas são conduzidas, os dados clínicos são avaliados e, atualmente, a forma como os pacientes podem ser tratados.

A empresa está empenhada em prosseguir com as pesquisas desta nova abordagem para o tratamento do câncer através do desenvolvimento de um pipeline sólido, de compostos experimentais projetados para modular diretamente o sistema imunológico. Hoje, estes agentes são explorados em múltiplos tipos de tumor como melanoma metastático, câncer de pulmão, cabeça e pescoço e células renais.

Sobre nivolumabe

A Bristol-Myers Squibb tem um amplo programa de desenvolvimento global para estudar nivolumabe em múltiplos tipos de tumor, que consiste em mais de 50 estudos clínicos - como monoterapia ou em combinação com outras terapias - no qual mais de 7.000 pacientes foram envolvidos em todo o mundo.

Sobre a Bristol-Myers Squibb

A Bristol-Myers Squibb é uma biofarmacêutica global cuja missão é descobrir, desenvolver e disponibilizar medicamentos inovadores que ajudem os pacientes a superar doenças graves. Para mais informações sobre a Bristol-Myers Squibb, visite http://www.bristol.com.br.

Assessoria de imprensa

MCO Comunicação Empresarial

Jornalista responsável: Maria Cecília Martins

Divulgação

Felipe Moraes
E-mail: felipe.moraes@mcocom.com.br
Fone/Fax: (11) 3231.3132
SP, 10/03/2015
Faça o seu comentário:
Nome:
Empresa:
Fone: ( )
E-mail:
Comentário:
 


 
Dados utilizando nova metodologia de início tardio sugere benefício do tratamento precoce com solanezumabe em pacientes com doença de Alzheimer leve

Planos de Saúde estudam como enfrentar multas e penalidades da ANS

Justiça força ANVISA a corrigir prazo de cadastramento de equipamentos médicos

Planos de Saúde estudam como enfrentar multas e penalidades da ANS

    Todas Notas