Dráuzio Varella e Mauricio Ceschin lançam livro sobre Saúde Suplementar


Médicos provocam discussões em busca de soluções e evolução da saúde privada brasileira

São Paulo, 24 de novembro de 2014 – Os médicos Dráuzio Varella e Mauricio Ceschin lançam hoje o livro “A Saúde dos Planos de Saúde”, que traz uma análise sobre o sistema de saúde suplementar do Brasil. O tom informal da narrativa explora um diálogo por meio de perguntas e respostas sobre o atual sistema de saúde, com o propósito de indicar possíveis soluções para as contradições colocadas hoje entre pacientes, médicos e operadoras.
Ambos trazem experiências e trajetórias diferentes para o debate. Varella é reconhecido como um dos maiores comunicadores dedicado à causa da saúde e sua análise aborda a situação do ponto de vista dos indivíduos e cidadãos, sejam médicos ou pacientes. Entre os temas que ele defende está a necessidade de readequar o sistema de atendimento médico ao novo perfil demográfico e epidemiológico da sociedade. “Essas mudanças exigem investimento em prevenção, além de chamar a atenção para a responsabilidade que o indivíduo deve ter com sua própria saúde”, avalia Varella.
Ceschin, por sua vez, com sua experiência de mais de 30 anos como gestor nos mais diversos players, entre eles hospital privado, operadora de plano de saúde, agência reguladora, administradora de benefícios e consultoria, ressalta a importância da participação ativa do consumidor nos mecanismos de controle e regulação do setor. O autor aborda ainda as relações entre SUS e saúde suplementar, além de questões sensíveis, como o financiamento da assistência à saúde. “Existem motivos para críticas, mas a saúde suplementar foi e continua sendo fundamental para a expansão da medicina de ponta no País. É preciso reconhecer que há problemas importantes, e o setor precisa enfrentá-los”, sugere Ceschin.
As conclusões dos médicos indicam que não existe uma saída única para os desafios do setor. Ambos apontam para um conjunto de medidas que inclui um choque de gestão, eliminando desperdícios e revendo modelos de remuneração e de controle, e pela prioridade à promoção da saúde e não somente ao atendimento à doença. Segundo os autores, a criação deste modelo passa por mudanças culturais, sobretudo na revalorização do papel do médico e no uso intenso da tecnologia na organização das informações para o paciente.

A Saúde dos Planos de Saúde, de Dráuzio Varella e Maurício Ceschin, Editora Paralela

INFORMAÇÕES À IMPRENSA: Grupo Máquina PR – (11) 3147-7922 / 7412 / 7257
Faça o seu comentário:
Nome:
Empresa:
Fone: ( )
E-mail:
Comentário:
 


 
Dados utilizando nova metodologia de início tardio sugere benefício do tratamento precoce com solanezumabe em pacientes com doença de Alzheimer leve

Planos de Saúde estudam como enfrentar multas e penalidades da ANS

Justiça força ANVISA a corrigir prazo de cadastramento de equipamentos médicos

Planos de Saúde estudam como enfrentar multas e penalidades da ANS

    Todas Notas